O futebol português é a sexta potência no ranking das competições de clubes da UEFA. Os portugueses só ficam atrás de Espanha (1º), Alemanha (2º), Inglaterra (3º), Itália (4º) e França (5º).

As principais competições de futebol do país são a Primeira Liga, a Taça de Portugal, a Taça da Liga e a Supertaça Cândido de Oliveira.

No artigo de hoje tenho intuito de relatar fatos que considero importantes sobre umas das competições que citei acima, Supertaça Cândido de Oliveira. Num futuro falarei sobre o restantes das competições do futebol português.

Nesse momento você deve estar se perguntando agora qual a importância de conhecer um pouco sobre uma competição portuguesa de futebol?

Segundo informações da própria Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Portugal é  o principal destino dos jogadores brasileiros.

Em 2015, cerca de 136 futebolistas brasileiros foram contratados pelos clubes portugueses. Nesse número corresponde a cerca de 19% dos 691 futebolistas que deixaram o Brasil.

Além do Brasil, nenhum outro país deste planeta tem mais atletas de futebol brasileiros que Portugal. Muitos desse atletas nem chega atuar pela categorias principais dos clubes profissionais brasileiros, mas consegue muita notoriedade no futebol europeu pelo seu desempenho nas competições do futebol português.

O sistema de competição de elite de Portugal segue tendência semelhante aos outros países europeus.  ]

Como assim? A estrutura é constituída basicamente de:

  • Campeonato Nacional da 1ª Divisão (Primeira Liga), promovido pela Liga Profissional
  • Taça ou Copa Nacional, organizada pela Federação Nacional e que envolve clubes todas as divisões profissionais do futebol nacional;
  • Taça da Liga, promovida pela Liga Profissional e que envolve clubes da 1º e 2ª divisão nacional;
  • Supercopa, organizada pela Federação e que envolve os campeões das duas principais competições nacionais.

A Supertaça Cândido Oliveira é a competição que abre a temporada de competição do futebol português.

Afinal o que é Supertaça Cândido Oliveira?

Troféu Supertaça Cândido de Oliveira
Crédito: FPF

A Supertaça Cândido de Oliveira, também conhecida como Supertaça de Portugal, é a taça disputada anualmente entre o Campeão do Campeonato Nacional Português e o vencedor da Taça de Portugal.

A taça é disputado em um único jogo que acontece um pouco antes do início da temporada nacional regular. Um fato que merece destaque é que no caso do mesmo clube vencer as duas competições a disputa fica entre o Campeão Português e o Vice-Campeão da Taça de Portugal.

A designação desta Supertaça é uma homenagem ao jogador, técnico de clubes e da Seleção Portuguesa, e jornalista esportivo Cândido de Oliveira, pelo papel relevante que teve no futebol português.

Apontamentos históricos da Supertaça Cândido de Oliveira

Troféu da Supertaça Cândido de Oliveira até 2012
Troféu da Supertaça Cândido Oliveira de 1979 a 2012. Crédito: Tudo pelo Futebol

A Supertaça começou de forma não-oficial em 1979 e definida em um único jogo entre Boavista (Campeão da Taça) e o FC Porto (Campeão Nacional).

O primeiro troféu foi conquistado pelo Boavista, que venceu a partida por 2 a 1.

Na temporada (1979/80) seguinte voltou a realizar a competição, ainda de forma não-oficial. Esta foi a primeira vez que se disputou o títulos em dois jogos.

Com o sucesso das edições não-oficiais, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) decidiu promover a torneio anualmente com jogos de ida e volta e já com o nome Supertaça Cândido de Oliveira, sendo a primeira edição oficial realizada em 1981.

Nessa nova versão o regulamento dizia que ganharia a taça o clube que conquistasse o melhor resultado no conjunto das duas partidas. E se caso ocorresse empate na soma dos dois jogos, um terceiro seria realizado em campo neutro.

Esta situação ocorreu por seis vezes (1983/84, 1990/91, 1992/93, 1993/94, 1994/95 e 1999/2000).

A Federação decidiu que a partir da temporada 2000/01, haveria somente um jogo na disputa do troféu, realizado em um campo neutro escolhido pela própria. O contínuo desinteresse pela competição e a redução de jogo por ano foram motivações para essa deliberação.

O seleto grupo de Campeões

FC Porto, Campeão da Supertaça Cândido de Oliveira 2013
Em 2013, FC Porto conquista o 20º troféu da Supertaça Cândido de Oliveira. Crédito: FootballDream

Nas 37 edições até o momento disputadas somente 5 clubes conquistaram o troféu: FC Porto, Sporting CP, SL Benfica, Boavista FC e Vitória SA (Vitória de Guimarães).

O FC Porto é o maior campeão na história da competição com 20 títulos (54%), sendo o único a conquistar o troféu por cinco anos consecutivos (2009-2013).

CLUBE TROFÉUS ANOS DOS TROFÉUS
Emblema do FC Porto
FC PORTO
20 2013, 2012, 2011, 2010, 2009, 2006, 2004, 2003, 2001, 1999, 1998, 1996, 1994, 1993, 1991, 1990, 1986, 1984, 1983 e 1981
Emblema de SPORTING CP
SPORTING CP
8 2015, 2008, 2007, 2002, 2000, 1995, 1987 e 1982
Emblema do SL BENFICA
SL BENFICA
 5 2014, 2005, 1989, 1985 e 1980
Emblema do BOAVISTA FC
BOAVISTA FC
 3 1997, 1992 e 1979
Emblema do VITÓRIA SC
VITÓRIA DE GUIMARÃES
 1 1988

Quer conhecer todos os finalistas da Supertaça? Faça um download da lista completas de todos finalistas no botão clicando no botão abaixo.

Baixe Agora

Treinadores Vencedores

Artur Jorge, o maior campeão da história da Supertaça Cândido de Oliveira
Artur Jorge, o maior campeão da história da Supertaça Cândido de Oliveira com três títulos (1984,1986 e 1990). Crédito: SIC Notícias

Nas 37 edições da história da Supertaça Cândido de Oliveira houveram 30 treinadores. Sendo 18 portugueses e 12 de outras nacionalidades.

Geninho, em 1988 pelo Vitória de Guimarães, e Carlos Alberto Silva, em 1991 pelo FC Porto,  são os únicos brasileiros e sulamericano que venceram a competição.

Os treinadores ingleses comandaram equipes vencedores em três oportunidades (1985,1987 e 1994).

Os portugueses Jorge Jesus, Vitor Pereira, Paulo Bento e Fernando Santos foram os únicos a conquistarem o bi-campeonato. Destaque especial para Jorge Jesus que venceu a competição por duas equipes diferentes.

Desde 1982, o português Antônio Oliveira (30 anos) é o treinador mais jovem a conquistar a troféu. O húngaro Lajos Baróti (66 anos) é o treinador mais velho a vencer a competição.

Os últimos dez títulos foram conquistados por treinadores portugueses. O holandês Ronald Koeman, treinador do SL Benfica, foi o último treinador estrangeiro a levar o título da competição.

Rui Barros foi a primeira pessoa a ser campeão com atleta e treinador da Supertaça Cândido de Oliveira.

Se você quiser conhecer todos os treinadores campeões, clique no botão abaixo e faça download da lista completa.

Baixe Agora

Curiosidades

  • 65 partidas foram disputadas em 37 edições
  • 21 troféus disputados em dois jogos sendo seis deles com 3 jogos
  • Foram marcados 140 gols nas 37 edições
  • O maior artilheiro é Domingo Paciência (FC Porto) com 6 gols
  • Zlatko Zahovic (FC Porto) marcou o gol 100.

Gostou das informações? Conhece alguma outro fato que considere relevante sobre a Supertaça Cândido de Oliveira? Se sim, deixe um comentário aqui embaixo. Vou adorar saber sua opinião.

Fonte de Consulta:

Load More Related Articles
Load More In Futebol